Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Segunda a sexta: 08h às 20h.
Sábado: 08h às 12h.

Será que é enxaqueca?

Nesse post você vai conhecer um pouco mais sobre a enxaqueca, uma doença que atinge milhões de brasileiros. Além disso, vai entender quais são as suas causas, sintomas e tratamento. Navegue por categoria:

  • O que é a enxaqueca?
  • Principais sintomas
  • Causas da enxaqueca
  • Tratamento
  • Verdades e mitos

O que é a enxaqueca?

Algumas pessoas costumam pensar que a enxaqueca não é uma doença e sim uma dor de cabeça um pouco mais forte. No entanto, esse pensamento é errado, já que essa é uma doença crônica que pode conviver com a pessoa durante uma vida inteira. Assim como a maioria das doenças crônicas, a enxaqueca não tem cura, mas existem tratamentos capazes de reduzir os sintomas da doença, ajudando bastante no dia a dia dos pacientes. 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a enxaqueca atinge cerca de 31 milhões de brasileiros. Além disso, essa doença é a terceira mais comum no mundo e pode prejudicar a pessoa em vários aspectos de sua vida pessoal e profissional. Por isso, é sempre importante que todas as pessoas com algum sintoma realizem consultas com o neurologista para descobrir se possuem esta doença. Afinal, sentir dores de cabeça de forma constante pode atrapalhar muito e até mesmo ser um empecilho para uma meta de vida do paciente. Saiba tudo sobre a consulta com o neurologista.

Principais sintomas

Os sintomas da enxaqueca muitas vezes podem ser confundidos com os de outras doenças. Por exemplo, a dor de cabeça pode estar associada a uma gripe ou até mesmo uma crise alérgica. Por isso, a consulta com o médico é muito importante na hora de fazer essa avaliação. Somente ele é capaz de encontrar de forma certa a existência dessa doença. No entanto, o conjunto dos sintomas muitas vezes pode mostrar a presença da doença crônica. Assim, conheça os principais sinais da doença:

  • Dor de cabeça intensa que geralmente dura pelo menos três horas, podendo chegar a três dias
  • Alteração no sono e na alimentação 
  • Tontura e enjoo
  • Alteração na visão (manchas ou luzes que surgem de repente)
  • Sensibilidade a luz, barulhos e cheiros fortes
  • Dificuldade de concentração e irritabilidade

É importante lembrar que a dor de cabeça não é o único sintoma dessa doença, já que ela mexe com todo o organismo. Quando a pessoa desconfia que pode ter enxaqueca, é preciso marcar a consulta com o neurologista. Nesse momento, o médico vai fazer algumas perguntas sobre os sintomas do paciente e realizar um teste clínico. Assim, se a pessoa tiver a doença, vai iniciar o tratamento indicado para seu caso. 

Causas da enxaqueca

A enxaqueca não tem causas específicas já que é uma doença crônica. No entanto, estudos mostram uma relação de genética e hereditariedade nessa condição, ou seja, é comum a doença estar em pessoas da mesma família. Além disso, a enxaqueca é mais comum em mulheres devido aos hormônios da menstruação. Além da genética, existem alguns fatores que podem potencializar um caso ou desencadear os sintomas. Entre esses fatores estão:

  • Ansiedade – A ansiedade pode liberar neurotransmissores capazes de agravar o quadro da doença;
  • Jejum prolongado – Comer de três em três horas é muito importante para melhorar o quadro ou evitar os sintomas;
  • Dormir mal – Ter uma boa noite de sono é muito importante para aliviar os sintomas e evitar a dor de cabeça;
  • Ciclo menstrual – Nesta época, os sintomas das mulheres que possuem essa doença podem ser mais intensos que o normal;
  • Alimentação – Esse é um fator que merece muita atenção dos pacientes. Alimentos como café, chocolate, queijos, leite, frituras e açúcares podem agravar muita esta doença. Por isso, é importante evitar este tipo de alimento para aliviar os sintomas, principalmente a dor de cabeça.
  • Analgésicos – Quando uma pessoa sofre com dores de cabeça constantes, é comum abusar dos remédios que tiram essa dor. Contudo, esse exagero pode tornar a enxaqueca ainda mais forte e resistente. Por isso, o tratamento da doença é feito com remédios específicos receitados pelo médico.
  • Sedentarismo – Praticar exercícios físicos ajudam no tratamento da doença, além de evitar o surgimento dos sintomas.

É sempre importante consultar o médico para saber quais são os fatores que contribuem para os sintomas de seu caso. Afinal, os corpos humanos são únicos e nem sempre o que funciona para uma pessoa vai funcionar para a outra.

Tratamento

O tratamento da enxaqueca é feito junto com o acompanhamento médico. Ou seja, o paciente que reconhece os sintomas da doença não deve tomar remédios por conta própria já que isso pode piorar o seu quadro de saúde. Existem remédios e práticas específicas para cada caso e todos eles devem passar pelo neurologista. No entanto, algumas ações podem e devem ser feitas por todos os pacientes dessa doença. Entre elas estão: praticar exercícios físicos, ter uma alimentação, evitar situações de estresse e ansiedade, além  de alimentos que pioram os sintomas.

Para os pacientes que possuem quadros de estresse e ansiedade generalizada, é importante buscar ajuda também de outros profissionais, como o psicólogo. Afinal, através da terapia é possível tratar e evitar diversas condições como a gastrite, depressão, hipertensão, problemas vasculares, entre outros.

Verdades e mitos

A enxaqueca é uma doença bastante conhecida e, por isso, existem informações que são  verdadeiras mas também mentirosas sobre o assunto. A Policonsultas esclarece algumas delas para você.  

Fumar pode desencadear a enxaqueca. VERDADE

A nicotina faz com que os vasos sanguíneos do cérebro se contraiam, gerando os típicos sintomas da doença. É importante lembrar que fumar causa diversas condições em nosso corpo e sempre prejudica nossa saúde.

A enxaqueca não tem tratamento. MITO

A doença não possui cura. No entanto, existem diversos tratamentos para aliviar os sintomas e evitar que o paciente tenha dores de cabeça tão constantes.

Frutas cítricas podem piorar os sintomas. VERDADE

Essas frutas possuem substâncias que podem fazer os sintomas aparecerem ou até serem mais intensos.

A toxina botulínica pode curar a enxaqueca. MITO

Alguns estudos mostram que essa toxina se mostra eficaz no tratamento da doença. No entanto, não é capaz de promover a cura.

Policonsultas

Precisa marcar uma consulta com um neurologista? A Policonsultas tem uma equipe preparada para cuidar da sua saúde, além de realizar exames na própria clínica.

Conheça nosso corpo clínico aqui!

Agende seu atendimento:

Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp