Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Segunda a sexta: 08h às 20h.
Sábado: 08h às 12h.

Agosto Dourado: importância do aleitamento materno

A semana mundial do aleitamento materno ocorre na primeira semana de agosto e tem o objetivo de incentivar mães de todo o mundo a optar pelo aleitamento. A campanha foi criada no ano de 1992 pela Organização Mundial da Saúde e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância e propõe diversas ações de conscientização sobre a importância e a necessidade do ato de amamentar.

A cada ano é definido um tema a ser trabalhado entre os dia 1º e 7 de agosto. Assim, neste ano a campanha trouxe a frase “Proteja a amamentação: uma responsabilidade compartilhada” para trazer informações de como o ato de amamentar beneficia todas as pessoas, não apenas mães e filhos.

Como funciona o aleitamento materno?

Durante a gravidez, os seios da mulher começam a ser preparados para a produção do leite materno. Assim, como recebem grande quantidade de hormônios, que são secretados pela placenta, as mamas ficam maiores, mais sensíveis e seus vasos sanguíneos começam a dilatar.

A produção do leite tem início logo após o nascimento do bebê. Ou seja, neste momento a mãe começa a receber hormônios responsáveis por estimular as células dos seios a fabricarem o leite. Assim, dentre esses hormônios estão presentes a prolactina e a ocitocina.

De acordo com o Ministério da Saúde, o leite materno é o único alimento que fornece todos os nutrientes que o bebê precisa nos seis primeiros meses de vida. Ou seja, ele é rico em gordura, sais minerais, vitaminas, anticorpos e outras substâncias essenciais que protegem a criança contra doenças e fortalecem sua imunidade. Além disso, a amamentação pode contribuir na prevenção de doenças para a mãe reduzindo as chances de câncer de mama, ovário, útero e o diabetes tipo 2. Saiba tudo sobre o câncer de colo de útero.

Qual a importância do aleitamento materno para a mãe e para o bebê?

A amamentação traz muitos benefícios para as mães e para os bebês. Ou seja, sempre que possível é importante optar por esta forma de aleitamento. Assim, alguns benefícios para as mães são:

  • Protege contra a osteoporose e os cânceres de mama e útero;
  • Evita o surgimento de cancros nas mamas e nos ovários;
  • Acelera a recuperação do tamanho normal do útero;
  • Aumenta a intimidade com o bebê.

Por outro lado, alguns benefícios do aleitamento para os bebês são:

  • Fortalece a imunidade;
  • Ajuda no crescimento de prematuros;
  • Desenvolve a arcada dentária;
  • Auxilia no desenvolvimento cognitivo e do cérebro; 
  • Combate a anemia;
  • Estimula o desenvolvimento da respiração;
  • Aumenta a flexibilidade na articulação das estruturas da fala;
  • Evita cólicas;
  • Reduz os riscos de alergias.

Como doar leite materno?

Muitas mulheres podem enfrentar problemas com a produção do leite materno, por várias razões. Por isso, os bancos de leite possuem grande importância para o incentivo do aleitamento materno. 

De acordo com o Ministério da Saúde, todas as mulheres que amamentam podem doar seu leite materno desde que sejam saudáveis e não façam uso de medicamento que interfira na amamentação.

A mulher que deseja doar leite materno deve entrar em contato com o banco de leite de sua região e agendar a coleta. 

Policonsultas

Na Policonsultas você tem acesso a consultas de acompanhamento pré-natal e de pediatria. Conheça nosso corpo clínico e agende uma consulta.

Agende seu atendimento:

Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp