Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro
Segunda a sexta: 08h às 20h.
Sábado: 08h às 12h.

Você sabe o que significa o Fator de Proteção Solar (FPS) do seu filtro solar?

O uso de filtro solar é uma necessidade diária, e não apenas durante as férias de verão. Quando passado em quantidades adequadas sobre a pele, o produto cria uma barreira de proteção aos raios ultravioleta de alta frequência (UVA/UVB). Portanto, a fim de evitar problemas de saúde com o passar do tempo, em função das exposições diárias que fazemos à radiação solar, o uso de filtro solar deve fazer parte da rotina de qualquer pessoa. No entanto, é importante saber qual fator de proteção (FPS) mais indicado para cada tipo de pele, e quantas vezes ao dia ele deve ser repassado para que o corpo esteja realmente protegido.

Mas você sabe realmente o que é o fator de proteção (FPS)… aquele número indicado nas embalagens de todos os protetores solares?

Nesse post vamos ajudá-lo a entender como funciona o FPS e como escolher o melhor para o seu tipo de pele.

O que é o Fator de Proteção Solar (FPS)?

O Fator de Proteção Solar (FPS) trata-se de um índice que determina o tempo em que um indivíduo poderá  ficar exposto aos raios solares sem apresentar vermelhidão na pele. Isto é, o FPS poderá ser um indicativo de quanto tempo estaremos protegidos antes de precisar repassar o produto sobre a pele. É importante reiterar que esse valor não corresponde ao tempo em minutos ou horas de proteção aos raios UV. Para saber qual o Fator de Proteção Solar mais indicado para a sua situação é necessário um pequeno cálculo, que levará em conta as características da pele de cada pessoa e o tipo de exposição aos raios ultravioletas.

Em nossa suposição, uma pessoa com a pele desprotegida levará 5 minutos para apresentar vermelhidão quando for exposta a radiação ultravioleta. Com o uso de um protetor solar com FPS 30, por exemplo, esse tempo será 30 vezes maior, o que possibilitaria cerca de 150 minutos (1h30 min) sem sofrer agressões na pele, e também indica o tempo em que o produto deve ser repassado, caso a atividade ao ar livre seja prolongada, isto é, se a exposição ao sol for intencional. Para chegar a esse número, é preciso multiplicar os 5 minutos pelo número do fator de proteção, e que no caso de nossa hipótese é o FPS 30.

Assim, pode-se dizer que a principal diferença entre os produtos com fatores de proteção solar distintos é a concentração de compostos que permitem maior aderência da loção à pele. Assim, eles protegem por mais tempo e de forma mais consistente.

Considerações gerais sobre a escolha do FPS e protetor solar

Assim, de forma geral, peles mais claras e sensíveis tem maior tendência a vermelhidão dentro de um curto período de tempo. Já as peles mais escuras demoram mais para ficarem irritadiças.  Seja qual for a situação, a recomendação é que o fator mínimo utilizado seja o de índice 30. Em casos de transpiração excessiva ou de mergulhos prolongados a reposição de produto deve acontecer a cada 2 horas, independente do fator de proteção aplicado.

Além disso, a recomendação é que a exposição solar deve ser limitado a quantidades moderadas e aos horários apropriados. Antes das 10h e após as 16h da tarde, por exemplo, a incidência de raios UV são mais fracos. Assim, é importante lembrar que tomar sol é essencial para auxiliar na fixação da vitamina D pelo organismo. Esta vitamina trata-se de um pró-hormônio necessário para a manutenção do tecido ósseo, influenciando no equilíbrio do sistema imunológico e no processo de diferenciação celular. Em excesso e sem a devida proteção, a exposição aos raios UV podem gerar vermelhidão, queimaduras e manchas na pele, envelhecimento precoce, problemas de visão e até mesmo câncer de pele.

Como a Policonsultas pode me ajudar?

A Policonsultas atendem à preços populares, e disponibiliza atendimentos com uma especialista em dermatologia 3 vezes na semana. O dermatologista poderá auxiliar na indicação do melhor produto a partir do histórico de saúde do paciente, a tendência a manchas, hábitos ou rotinas de longa exposição à radiação ultravioleta, entre outras observações que serão feitas em uma consulta clínica.

Em caso de manchas, verrugas ou sinais na pele que possam causar suspeita de câncer de pele, não deixe de procurar um profissional de dermatologia.

 

sala policonsultas
Na Policonsultas é possível consultar um dermatologista, além de realizar biópsias e procedimentos dermatológicos.

Entre em contato com a Policonsultas para agendar sua consulta, realizar exames e procedimentos dermatológicos:

Mister Shopping, 3º Piso

Telefone: (32) 3031-6060 / WhatsApp: (32) 99102-6160

Facebook/ Instagram: @policonsultas 

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp