Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro
Segunda a sexta: 08h às 20h.
Sábado: 08h às 12h.

Varíola dos macacos: entenda suas formas de transmissão e sintomas

A varíola dos macacos é uma doença causada pelo vírus monkeypox, que pertence à mesma família do vírus da varíola humana. Além disso, ela é considerada uma zoonose, ou seja, uma doença infecciosa transmitida entre animais e seres humanos.


Apesar do nome, a doença viral não tem origem nos macacos, apenas foi identificada pela primeira vez nesses animais.

Formas de transmissão

A transmissão pode ocorrer das seguintes formas: 

  • Através do contato com um animal, pessoa ou materiais infectados, incluindo através de mordidas e arranhões de animais, manuseio de caça selvagem ou pelo uso de produtos feitos de animais infectados. Ainda não se sabe qual animal mantém o vírus na natureza, embora os roedores africanos sejam suspeitos de desempenhar um papel na transmissão da varíola às pessoas;
  • De pessoa para pessoa através do contato direto com fluidos corporais como sangue e pus, secreções respiratórias ou feridas de uma pessoa infectada, durante o contato íntimo – inclusive durante o sexo – e ao beijar, abraçar ou tocar partes do corpo com feridas causadas pela doença;
  • Através do contato com materiais contaminados com fluidos corporais ou feridas, como roupas ou lençóis;
  • Da mãe para o feto através da placenta;
  • Da mãe para o bebê durante ou após o parto, pelo contato pele a pele;
  • Úlceras, lesões ou feridas na boca também podem ser infecciosas, o que significa que o vírus pode se espalhar pela saliva.

Sintomas

O período de incubação do vírus se dá por volta de 7 a 21 dias. Após esse período, o paciente pode apresentar sintomas como:

  • Dor de cabeça;
  • Dores musculares;
  • Dor nas costas;
  • Gânglios (linfonodos) inchados;
  • Calafrios;
  • Exaustão;
  • Febre.

Dentro de um a três dias após o aparecimento da febre, o paciente desenvolve uma erupção cutânea, geralmente começando no rosto e se espalhando para outras partes do corpo, incluindo os genitais.

Os sintomas da varíola dos macacos podem ser leves ou graves, e as lesões na pele podem ser pruriginosas ou dolorosas. Casos mais leves de varíola podem passar despercebidos e representar um risco de transmissão de pessoa para pessoa. 

Prevenção e tratamento

Como forma de prevenção, é importante fazer o uso de máscara porque o contágio também se dá pelas gotículas das vias respiratórias, além de higienizar bem as mãos. Também é necessário evitar lugares fechados, evitar contato físico por meio de relação sexual, beijos e abraços com pessoas que tenham lesões na pele, ou até tocar em feridas.

O diagnóstico da doença acontece através do exame PCR (RT-PCR, em tempo real, ou qPCR, quantitativo). Esse é o mesmo exame que detecta o coronavírus. Porém, em vez de as amostras serem coletadas através do nariz e da garganta, como acontece no teste de Covid-19, elas são coletadas pelas lesões na pele. Por fim, o tratamento é baseado no controle dos sintomas que o paciente apresenta. 

Policonsultas

Precisa marcar uma consulta com um médico? A Policonsultas tem uma equipe preparada para cuidar da sua saúde, além de realizar exames na própria clínica. Conheça nosso corpo clínico aqui!

Agende seu atendimento:

Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp