Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Segunda a sexta: 08h às 20h.
Sábado: 08h às 12h.

Por que ir ao dermatologista todo ano?

Todos nós sabemos da importância de ir ao dermatologista todo ano. No entanto, a maioria das pessoas somente procuram esse médico quando estão com algum problema, doença ou sintoma. Assim, quando chegam à consulta, descobrem diversas condições que antes não conheciam. Por exemplo: dermatites, alergias, câncer, entre outras doenças mais graves. Por isso, é muito importante visitar o médico todos os anos e realizar os exames que ele pedir. Além disso, quando a pessoa já possui alguma dessas condições, deve ir às consultas mais de uma vez por ano. Nesse post você vai conhecer um pouco mais sobre a importância de ir ao dermatologista todo ano. 

O que faz o dermatologista?

O dermatologista é o médico responsável pelo tratamento e prevenção de doenças da pele, pelos, cabelos e unhas. Além disso, este médico orienta seus pacientes sobre cuidados gerais com a pele e realiza procedimentos estéticos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, o dermatologista também pode tratar de doenças nas mucosas. Por isso, muitas vezes tratam pacientes infectados por uma doença sexualmente transmissível.

A consulta com o dermatologista ajuda para a prevenção de doenças que podem apresentar uma simples mancha como sintoma. Por isso, é importante ter um tempo para consultar este médico. Afinal, os sintomas de um câncer podem ser descobertos pelo dermatologista.

Principais doenças

A princípio, muitos são os problemas tratados pelo dermatologista. Dessa maneira, temos os mais comuns entre eles:

  • Acne– Causada por um processo inflamatório das glândulas da pele. Existem vários tratamentos para este problema. Por exemplo: pomadas, sabonetes, ácidos.
  • Melasma– Surgimento de pequenas manchas em tom de castanho. Fatores como genética e exposição ao sol podem ser influentes. Geralmente o tratamento é feito com remédios.
  • Rosácea– Muitas vezes é confundida com doenças de pele causadas pelo sol. Isso porque deixa o rosto avermelhado e com lesões que podem evoluir para acne.
  • Dermatite– Surge quando há uma inflamação na pele e pode ser de vários tipos. Não são contagiosas. O tratamento é feito com remédios e com mudanças de hábitos. Por exemplo: beber bastante água e não tomar banhos muito quentes.

O que é o câncer de pele

O câncer de pele ocorre quando há um crescimento descontrolado das células que compõem a pele. Como essas células formam camadas, o tipo de câncer formado vai depender da camada de pele que foi afetada. Assim, existem dois tipos principais deste câncer:

  • Melanoma- É o tipo mais grave, causado principalmente pela exposição à radiação solar. Primeiramente, atinge camadas superficiais da pele. Em seguida, pode se espalhar para outros órgãos do corpo. Por isso, deve-se estar atento aos seus sintomas: surgimento de pintas e manchas pelo corpo.
  • Não melanoma- Neste tipo do câncer, surgem diversos tumores. De acordo com o tipo de tumor a gravidade pode ser alta ou moderada. Além disso, os tumores também podem se espalhar para outros órgão, o que é muito perigoso.

Além da exposição ao sol, outros fatores também podem contribuir para o surgimento do câncer de pele. Por exemplo: contato com determinados produtos químicos e até alguns remédios.

Prevenção ao câncer de pele

Existem muitas formas de prevenção ao câncer de pele. Dentre elas, uma das mais importantes é a visita regular ao dermatologista. Confira as principais formas:

Usar protetor solar todos os dias

O câncer de pele pode surgir pela exposição constante ao sol. Por isso, é importante usar o filtro todos os dias, até para ficar em casa. Saiba tudo sobre o protetor solar.

Usar óculos escuros e chapéus

Esta é outra forma de evitar que os raios solares tenham contato direto com a pele. No entanto, é preciso estar atento ao óculos de sol e escolher o que possui proteção nas lentes.

Evitar exposição ao sol das 10h às 16h

Neste horário a intensidade do sol causa mais prejuízos è pele. Assim, se a exposição for necessária, reforce o protetor solar.

Esteja atento a pintas, manchas e verrugas na pele

Caso note alguma mudança, procure o dermatologista de forma rápida. Afinal, quanto antes o tratamento do câncer de pele começar, maiores são as chances de sucesso e cura.

Sem dúvida, outras práticas de cuidado com a pele são muito importantes para prevenir o câncer. Por isso, é importante consultar o dermatologista para saber o que é ideal para cada tipo de pele. Saiba tudo sobre a consulta com o dermatologista.

sala policonsultas

Sinais do câncer de pele e exames

No dia a dia é necessário estar atento para os sinais que podem indicar o câncer de próstata. Assim, alguns desses sintomas podem ser:

  • Lesões rosas, vermelhas e escuras;
  • Manchas que descamam;
  • Aumento lento da lesão;
  • Pintas que sangram, coçam, sofrem alterações de cor e tamanho;

Na presença de algum desses sinais, deve-se procurar um dermatologista o mais rápido possível. Na consulta, o médico vai realizar exames para estudar a situação. Existem dois tipos comuns de exames para diagnosticar o câncer. São eles:

  • Dermatoscopia– Aparelho que visualiza camadas da pele não vistas a olho nu;
  • Biópsia– É recomendado para confirmar o câncer de pele. Assim, o material coletado é enviado ao laboratório, que emite o laudo;
DESTACADA-tudo-sobre-dermatologista

Exames e tratamentos

Durante a consulta, o dermatologista pode realizar em seu paciente o chamado “exame dermatológico. Este exame serve para achar possíveis causas de lesões, alergias, entre outros. Além disso, o médico pode solicitar outros exames. Por exemplo: exame de sangue e teste rápido de alergia. Nos casos em que desconfiar de algo mais grave, como o câncer de pele, o médico vai pedir exames mais elaborados.

O tratamento ideal para cada paciente depende de vários fatores. Assim, quando o médico for iniciar o tratamento, vai analisar cada caso. Em seguida, vai receitar remédios específicos para a condição apresentada. Além disso, pode indicar a procura de outros médicos, como o alergista.

A importância dos cuidados com a pele

O cuidado com a pele vai além da estética. Em princípio, cuidar da pele contribui para a qualidade de vida, aumenta a autoestima  e evita problemas sérios de saúde. Por isso, é importante conhecer os cuidados básicos e colocá-los em prática. Assim, a Sociedade Brasileira de Dermatologia orienta:

Limpeza da pele

Lavar o rosto ao menos duas vezes por dia com produtos específicos ajudam a retirar impurezas da pele. Além disso, ajuda no controle da oleosidade, principal causa da acne. Consulte o dermatologista para saber os produtos ideais para sua pele.

Hidratação

A hidratação mantém a integridade da camada de proteção da pele. Por isso, evita problemas como descamação, ressecamento e irritações. Além disso, ajuda na beleza da pele.

Tenha uma dieta rica em frutas e verduras

As fibras ajudam a manter a firmeza da pele.

Use proteção solar

Os raios solares penetram na pele, podendo provocar diversas alterações. Por exemplo: surgimento de pintas, sardas, manchas e rugas. Além disso, a exposição solar pode causar tumores benignos ou malignos. Assim, pergunte ao médico qual o protetor solar mais indicado para você. Saiba mais sobre esta proteção.

Policonsultas

Precisa marcar uma consulta com dermatologista? A Policonsultas tem uma equipe preparada para cuidar da sua saúde, além de realizar exames na própria clínica.

Conheça nosso corpo clínico aqui!

Agende seu atendimento:

Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp