Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – Centro
Segunda a sexta: 08h às 20h
Sábado: 08h às 12h

Conheça a importância do oftalmologista infantil

O oftalmologista infantil é o médico responsável por cuidar da saúde dos olhos de crianças, buscando encontrar possíveis problemas ou condições que afetem a visão. Por isso, é muito importante que todos os pais levem seus filhos ao oftalmologista de forma regular para que a criança realize todos os exames necessários para avaliar como está a saúde dos seus olhos.

Além dos exames regulares, existem algumas condições mais imediatas que requerem a ida ao oftalmologista, devendo os pais ficarem atentos às seguintes condições ou queixas:

Olhar torto

O famoso estrabismo é uma condição que, se identificada de forma rápida, pode ser revertida. A criança que possui o olhar “torto” deve ser levada ao médico para que ele analise a saúde dos olhos e recomende o melhor tratamento possível, como o uso de tampões e outras estratégias.

Queixas frequentes de dor de cabeça

A criança que sempre reclama de dor de cabeça merece uma atenção especial. Isso porque inúmeras são as condições de saúde que podem levá-la a ter este desconforto. Quando se trata da saúde dos olhos, alguns problemas como miopia, hipermetropia, astigmatismo e até estrabismo podem gerar dores de cabeças frequentes nas crianças além de dificuldades para enxergar e para concentrar.

Crianças com dor de cabeça é um alerta

Franzir a testa ao olhar para longe

Quando temos dificuldades para enxergar objetos distantes, tendemos a franzir nossa testa, o que acaba facilitando nossa visão. O mesmo acontece com crianças, ainda que elas não consigam dizer o porquê de estarem realizando esta “manobra”. Por isso, se perceber que sua criança está tendo este hábito, é importante levá-la ao oftalmologista infantil para que ele avalie a dificuldade na visão e indique a solução ideal.

Aproximar os livros durante a leitura

Da mesma forma que franzimos a testa quando não conseguimos enxergar de longe, aproximamos objetos quando não conseguimos enxergar de perto. Assim, os pais devem levar as crianças ao oftalmologista infantil quando perceberem que os filhos estão aproximando muito os objetos para conseguir enxergar.

Doenças na visão comuns em crianças:

Miopia

A miopia é uma das doenças dos olhos mais comuns. Essa doença faz com que o chamado “míope” tenha dificuldades de enxergar objetos e pessoas distantes. Dessa maneira, quanto maior a distância, mais embaçado o objeto. De uma forma geral, a principal causa da miopia é a genética, ou seja, costuma ser uma doença comum em uma família. No entanto, alguns fatores podem contribuir ou agravar um quadro dessa doença, como a exposição constante a objetos eletrônicos (por exemplo, computadores e celulares). Os pacientes com essa condição costumam ter fortes dores de cabeça, problemas no estômago e muita sensibilidade à luz. 

Hipermetropia

Essa doença tem como consequência o oposto da miopia. Ou seja, os pacientes não têm problema em enxergar objetos distantes, mas sim aqueles que estão próximos aos olhos. Os pacientes que possuem essa condição já nascem com ela,ou seja, não existem fatores externos que causem o aparecimento da hipermetropia. Assim, essa doença pode causar alguns desconfortos como dor de cabeça e fadiga, principalmente quando a pessoa faz alguma atividade por muito tempo, como a leitura.

Astigmatismo

Essa condição costuma ocorrer em pacientes que possuem miopia ou hipermetropia. Assim, é caracterizada por uma visão desfocada e turva, gerando desconforto e dificuldade na visão da pessoa que possui esse quadro. A correção do astigmatismo é feita em conjunto com a correção da miopia ou hipermetropia, ou seja, através de óculos. No entanto, algumas crianças apresentam o quadro isolado dessa doença, ou seja, podem optar pelo tratamento individual dessa condição.

Confira algumas dicas para a saúde da visão infantil:

Não coçar os olhos

Esse hábito é muito comum, mas pode prejudicar a saúde dos olhos e até ser responsável pelo surgimento de doenças graves. Isso acontece porque quando coçamos os olhos estamos colocando pressão sobre estruturas muito frágeis e sensíveis, como a córnea. Assim, este simples ato pode causar condições como: ceratocone, deslocamento de retina e arranhões na córnea. Além disso, colocar as mãos sujas nos olhos pode levar bactérias e microorganismos para o órgão, causando infecções, como a conjuntivite. Saiba tudo sobre a conjuntivite.

Ter uma boa noite de sono

Dormir bem interfere na saúde do ser humano em vários sentidos. Com relação aos olhos, a falta de sono adequado pode trazer condições como olhos secos e vermelhidão. Assim, essas condições podem evoluir e trazer desconforto e incômodos durante o dia. Além disso, dormir bem pode ajudar pacientes que já sofrem com esse tipo de desconforto. 

Não usar colírios e pomadas sem consultar o médico

Muitas vezes, quando a criança sente algum incômodo ou coceira nos olhos, os pais costumam seguir indicações de amigos ou de pesquisas na internet. No entanto, esta prática é errada e pode ser responsável por trazer prejuízos para os olhos da criança. Assim, qualquer sintoma ou incômodo nos olhos deve ser levado para o consultório para que o médico dê as orientações corretas de acordo com cada paciente.

dia mundial da visão

Manter a higiene dos olhos

Essa é uma importante medida de prevenção a infecções e outros tipos de doenças nos olhos. Manter os olhos limpos é muito importante para evitar a proliferação de fungos e bactérias que se acumulam na região ao longo do dia. Portanto, lavar os olhos deve ser um hábito diário de todas as pessoas. Além disso, para as pessoas que usam maquiagem, o cuidado deve ser dobrado! Isso porque os resquícios de produtos são muito perigosos para a saúde dos olhos.

Ter uma alimentação saudável

Ter uma boa alimentação é importante não só para a saúde dos olhos, mas para todo o funcionamento do organismo. No entanto, existem alguns tipos de alimentos que fazem bem especial para esse órgão. Por exemplo: cenoura, laranja, verduras verde-escuras, ovos, peixes, entre outros. 

É muito importante lembrar que o oftalmologista infantil atua não somente nos problemas na visão mas também na prevenção destes problemas. De acordo com dados obtidos pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 35 milhões de brasileiros possuem pelo menos uma condição nos olhos. Por isso, levar a criança ao oftalmologista pelo menos uma vez ao ano é muito importante para .garantir olhos saudáveis e uma qualidade de vida para os baixinhos.

Policonsultas

Precisa marcar uma consulta com um oftalmologista infantil? A Policonsultas tem uma equipe preparada para cuidar da saúde do seu filho, além de realizar exames na própria clínica. Conheça nosso corpo clínico aqui!

Agende seu atendimento:

Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp