Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – Centro
Segunda a sexta: 08h às 20h
Sábado: 08h às 12h

Será que é dengue?

Em meio à pandemia causada pela COVID-19, muitas pessoas associam de forma automática alguns sintomas a esta doença. Por exemplo: dor de cabeça, febre, fadiga muscular, dor atrás dos olhos, entre outros. No entanto, esses sintomas também estão presentes na dengue, doença grave causada por um vírus presente na fêmea do mosquito aedes aegypti, e transmitida através de sua picada.

Por esse motivo, sempre que sentir algum desses sintomas, é importante procurar o clínico geral e realizar o exame de sangue. Afinal, a dengue pode parecer uma doença simples, mas é muito grave, podendo inclusive ser letal.

O que é a dengue?

A dengue é uma doença infecciosa ocasionada pelo vírus transmitido pela fêmea do aedes aegypti, quando o vírus penetra no sangue através da picada do mosquito infectado. É importante lembrar que existem quatro variações do vírus da dengue, ou seja, uma pessoa pode ter dengue quatro vezes. Isso porque após ser infectada com um tipo do vírus seu organismo se torna imune a ele.

Segundo o clínico geral da Policonsultas, Adilson Renato Veríssimo, entre os principais sintomas associados à dengue estão: febre, dor de cabeça, náusea e fadiga muscular. 

Segundo o Ministério da Saúde, existem quatro sorotipos causadores da dengue, sendo que todos os quatro sorotipos podem levar à forma grave na primeira infecção, porém com maior frequência após a segunda ou terceira, sem haver diferença estatística comprovada se após a segunda ou a terceira infecção. Além disso, a segunda infecção por qualquer sorotipo de dengue é predominantemente mais grave que a primeira, independentemente dos sorotipos e de sua sequência. No entanto, os sorotipos 2 e 3 são considerados mais virulentos. 

Assista o vídeo a seguir para entender um pouco mais sobre a doença:

Como prevenir a dengue

A melhor forma de se prevenir a dengue é combater os focos de acúmulo de água, ou seja, locais propícios para a criação do mosquito transmissor da doença. Para isso, é importante não acumular água em latas, embalagens, copos plásticos, tampinhas de refrigerantes, pneus velhos, vasinhos de plantas, jarros de flores, garrafas, caixas d´água, tambores, latões, cisternas, sacos plásticos e lixeiras, entre outros.

Outra forma de prevenção, segundo Adilson Veríssimo, é a utilização de repelente durante todo o dia. Afinal, a dengue é transmitida pela picada do mosquito.

Tratamento da dengue

Quando o paciente começa a sentir os sintomas que podem indicar a dengue, é importante procurar o clínico geral de forma rápida. Assim, o médico vai solicitar o exame que identifica o vírus da dengue e receitar os remédios necessários para cada paciente.

É importante lembrar que a dengue não possui um remédio específico, sendo que o repouso e a hidratação são as melhores formas de tratamento. 

Policonsultas

Precisa marcar uma consulta com clínico geral? A Policonsultas tem uma equipe preparada para cuidar da sua saúde, além de realizar exames na própria clínica.

Conheça nosso corpo clínico aqui!

Agende seu atendimento:

Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp