Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Segunda a sexta: 08h às 20h.
Sábado: 08h às 12h.

Por que ir ao endocrinologista todo ano?

Todos nós sabemos da importância de ir ao endocrinologista todo ano. No entanto, a maioria das pessoas somente procuram esse médico quando estão com algum problema, doença ou sintoma. Assim, quando chegam à consulta, descobrem diversas condições que antes não conheciam. Por exemplo: diabetes, problemas na tireoide, colesterol alto, entre outras. Por isso, é muito importante visitar o médico todos os anos e realizar os exames que ele pedir. Além disso, quando a pessoa já possui alguma dessas condições, deve ir às consultas mais de uma vez por ano. Nesse post você vai conhecer um pouco mais sobre a importância de ir ao endocrinologista todo ano. 

O que faz o endocrinologista

O endocrinologista é o médico responsável pelo estudo dos órgãos endócrinos e seus componentes. Assim, auxilia na prevenção, diagnóstico e tratamento das doenças que atingem todos esses órgãos. Por exemplo: doenças na tireóide, diabetes, problemas na menstruação, colesterol alto, entre outras.

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 16 milhões de brasileiros adultos sofrem de diabetes. Além disso, quase 72 mil pessoas maiores de 30 anos morrem no país por ano por causa de problemas desta doença. Por isso, a consulta preventiva e de rotina com o este médico é muito importante para prevenir muitas doenças. Além disso, através da consulta é possível encontrar a causa de qualquer desconforto ou incômodo. Assim, é importante separar um tempo para consultar este médico. Afinal, quanto antes um problema é detectado, mais rápido é o seu tratamento.

O que acontece na consulta com o endocrinologista?

Quando o paciente procura o médico para uma visita de rotina, algumas perguntas são feitas. Por exemplo: histórico de doenças na família, como é a alimentação, se faz uso de remédios, bebidas alcoólicas, etc. Além disso, o médico vai realizar um exame clínico para detectar alguma doença ou condição no paciente. Assim, vai procurar o sinal de algum caroço ou inchaço no pescoço ou outras partes do corpo. Esse tipo de consulta é muito importante para descobrir doenças e realizar tratamentos.

Por outro lado, se o paciente procurar o médico para falar de algum sintoma, a consulta vai ser voltada para isto. Da mesma forma como ocorre na consulta regular, o médico vai fazer perguntas sobre a vida da pessoa. Em seguida vai analisar os sintomas descritos e realizar o exame clínico. De acordo com o caso, o médico também pode pedir outros exames a mais. Após analisar os sintomas e o resultado dos exames, o médico vai iniciar o tratamento em seu paciente. Além disso, pode indicar que ele procure outros médicos e até pedir para que ele mude sua rotina de vida.

sala policonsultas

Principais doenças

Como o endocrinologista é responsável por muitos órgãos e os seus componentes, muitas são as doenças que ele pode tratar. Assim, temos as principais e mais comuns:

Obesidade

Na maior parte dos casos esta doença está relacionada a uma alimentação ruim e falta de exercícios. No entanto, o excesso de peso pode estar relacionado a hormônios. Por isso, é muito importante consultar o médico para tratar desta doença que atinge muitas pessoas. Afinal, a obesidade compromete a saúde e órgãos muito importantes do corpo humano.

Colesterol Alto

O aumento dos níveis de colesterol ruim é muito perigoso pois compromete o coração e outros órgãos. Assim, é muito importante realizar consultas de rotina e os exames que o médico pede. O tratamento desta doença pode ser feito com remédios ou mudanças nos hábitos de vida.

Diabetes

Surge quando há uma falha na produção da insulina no sangue. Essa substância é importante pois controla as taxas de açúcar no sangue e mantém os níveis ideais. Entre os sintomas estão: sede, vontade de urinar frequente e perda de peso sem motivos. Assim, ao sinal de qualquer sintoma, o paciente deve procurar um médico de forma rápida. Saiba quais os fatores de risco para esta doença:

Ovário Policístico

É um distúrbio nos hormônios que causa um aumento no tamanho dos ovários e pequenos cistos. Entre os principais sintomas estão: ciclo menstrual irregular, excesso de pelos, acne e obesidade. O tratamento é feito com o uso de remédios e hormônios. Assim, é importante consultar o médico para saber qual o tratamento ideal para cada caso.

Problemas na tireóide

Entre os problemas estão: o hipertireoidismo (aumento da produção de hormônios), o hipotireoidismo (diminuição da produção) e o surgimento de nódulos e tumores. Todos os casos pedem uma consulta com o médico pois podem ser muito perigosos.

O que é a tireoide?

A tireoide é uma glândula dividida em duas partes que se situa no pescoço, logo abaixo do chamado “pomo de adão” e possui cerca de 15 a 25 gramas em pessoas adultas. Por produzir os hormônios T3 e T4, a tireoide é capaz de interferir no funcionamento de muitos órgãos, como o coração, cérebro, fígado e rins. Além disso, os hormônios produzidos pela glândula atuam de forma direta no ciclo menstrual das mulheres, e é capaz de alterar a menstruação. 

De acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, não existe uma idade ou condição específica para o surgimento dos problemas na tireoide. Ou seja, qualquer uma das condições dessa glândula pode acontecer em qualquer idade ou etapa da vida, e depende de outros fatores, como a genética. No entanto, é importante saber que a maioria dos problemas na tireoide são de fácil detecção e tratamento, feito com a ajuda do médico endocrinologista. Por isso, é ideal que todas as pessoas realizem consultas de rotina com esse médico, para garantir que a tireoide esteja saudável. Assim, saiba tudo sobre a consulta com o endocrinologista.

Qual a função da tireoide?

De uma forma geral, a tireoide atua no corpo através da produção de hormônios que regulam diversas funções de nosso corpo. Assim, são esses os hormônios responsáveis pelo crescimento das crianças, bem como a manutenção da saúde e funcionamento de diversos órgãos, como o coração e o fígado. Além disso, os hormônios da tireoide estão ligados à memória, sono, peso, humor, fertilidade e ciclo menstrual feminino. Ou seja, regulam todas essas funções humanas e faz com que estejam em equilíbrio.

Hipertireoidismo

Como a tireoide atua em nosso corpo através dos hormônios T3 e T4, é importante que eles sejam produzidos de maneira correta. Ou seja, existe uma quantidade ideal que nosso corpo precisa e suporta de cada um deles. Assim, quando existe uma mudança nessa produção, existe um problema na glândula. Nesse sentido, quando a glândula passa a produzir hormônios em excesso, temos o chamado hipertireoidismo. 

Com a grande produção de hormônios, começa a acontecer um grande esforço em nosso corpo, que começa a trabalhar demais. Ou seja, o coração bate mais rápido, o intestino solta, as atividades cerebrais ficam intensas, prejudicando o sono, entre outros. Todo esse trabalho em excesso começa a exigir um esforço que deixa o corpo exausto. Os principais sintomas do hipertireoidismo são:

  • Nervosismo, irritação e ansiedade;
  • Mãos trêmulas;
  • Perda de apetite;
  • Queda de cabelo;
  • Fraqueza nos músculos;
  • Alteração na menstruação;
  • Perda abrupta de peso;
  • Inchaço na região do pescoço.

Quando a pessoa desconfia que pode estar com essa condição, deve procurar o endocrinologista de forma rápida. Assim, o médico vai realizar um exame clínico de toque na glândula e pedir ultrassom e o exame de sangue para ver se houve excesso na produção dos hormônios. Se a pessoa realmente estiver com essa condição, vai iniciar o tratamento com remédios que podem durar até o final da vida.

Hipotireoidismo

Por outro lado, quando a glândula tireoide começa a produzir pouca quantidade dos hormônios, ocorre o chamado “hipotireoidismo”. Dessa forma, o corpo recebe menos quantidade de hormônio do que necessita e por isso a atividade do corpo começa a ficar lenta. Ou seja, os batimentos do coração diminuem, os rins trabalham devagar, os níveis de colesterol aumentam devido ao baixo metabolismo do corpo. Toda essa lentidão no corpo humano faz com que a pessoa com essa condição tenha a sensação de cansaço durante o dia e a noite, experimentando sonolência e dificuldade em se manter acordado. Confira os principais sintomas do hipotireoidismo:

  • Depressão;
  • Intestino preso;
  • Menstruação irregular;
  • Sonolência durante o dia;
  • Ganho de peso e aumento dos níveis de colesterol;
  • Pele seca;
  • Diminuição da memória.

Assim como no caso de hipertireoidismo, a pessoa deve procurar o médico quando desconfia estar com essa condição. Dessa forma, o médico vai realizar o exame clínico e pedir exames complementares como o de sangue e o ultrassom. Assim, se a pessoa estiver com essa condição, vai iniciar o tratamento com remédios e adoção de práticas como exercícios físicos e melhora da alimentação.

medicação para dores nas costas

Tireoidite

Ao contrário das condições anteriores, a tireoidite não está ligada à diminuição ou aumento da produção dos hormônios da glândula. Assim, essa condição é uma doença autoimune que faz com que os anticorpos do nosso corpo ataquem as células da glândula tireóide. Ou seja, esse ataque prejudica a produção dos hormônios e acaba gerando a sua queda, e traz para a pessoa também os efeitos do hipotireoidismo. Assim, os principais sintomas dessa condição são:

  • Fraqueza nos músculos;
  • Dificuldade para engravidar;
  • Perda de cálcio nos ossos;
  • Irritação e insônia. 

Essa doença não possui tratamento, mas é importante consultar um endocrinologista para tratar a perda de hormônio. Ou seja, a pessoa convive com essa condição, realizando tratamento para os efeitos dessa queda, sem resolver o ataque à glândula. 

Verdades e mitos

Os problemas na tireoide são genéticos. VERDADE

No entanto, existem outros fatores que contribuem para aparecer problemas nessa glândula. Por exemplo: alimentação pobre em iodo e localização da pessoa.

Crianças não têm problemas na tireoide. FALSO

Muitas crianças que possuem problemas na tireoide têm dificuldade na fase de crescimento e em concentração.

Problemas na tireoide podem afetar a gravidez. VERDADE

As condições nessa glândula podem fazer surgir complicações durante a gravidez. Além disso, essas condições podem provocar os chamados abortos espontâneos.

Capa Benefícios do Aleitamento Materno

Os remédios para tireoide são para o resto da vida. DEPENDE

Em muitos casos a pessoa vai precisar tomar remédios pelo resto da vida. No entanto, é preciso consultar um médico para entender mais sobre a sua situação.

Ter sono o dia todo pode indicar problema na tireoide. VERDADE

Inclusive, esse é um dos principais sintomas do hipotireoidismo, que ocorre quando há baixa produção dos hormônios na glândula.

Todo nódulo na tireoide é câncer. FALSO

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, cerca de 60% da população vai ter um nódulo na tireoide, mas a maioria é benigno. No entanto, é muito importante estar em dia com as consultas com o endocrinologista.

Mulheres têm mais chances de ter problema na tireóide. VERDADE

Estudos recentes indicam que os grupos que mais possuem problemas nessa região são as mulheres e os idosos. 

Quando procurar o endocrinologista?

É muito importante que todos realizem consultas de rotina com este médico para prevenir doenças e até mesmo um câncer que pode surgir. Nessas consultas, o médico pode realizar um exame clínico para encontrar algum tipo de doença ou condição no paciente. No entanto, existem alguns sinais que mostram a necessidade de marcar uma consulta de forma urgente e imediata. Estes sinais podem ser:

  • Distúrbios do sono;
  • Desenvolvimento sexual irregular;
  • Sono durante o dia;
  • Obesidade;
  • Problemas de crescimento;
  • Excesso de peso;
  • Sede;
  • Alteração na visão.

É importante nunca ignorar um sintoma. Ao buscar o atendimento, é possível desde o início encontrar uma doença e tratá-la de forma rápida. Dessa maneira, evita-se que o problema se agrave e comprometa a saúde.

Exames e tratamentos

O médico vai fazer uma avaliação clínica de cada paciente para saber quais exames devem ser feitos. Por mais que uma pessoa não apresente sintomas de alguma doença, é importante fazer os exames que o médico pediu, para a prevenção de muitas condições. Assim, o médico pode realizar o exame clínico durante a consulta que detecta diversas condições. Além disso, de acordo com o caso do paciente, pode pedir exames como o de sangue e de urina.

O tratamento de qualquer doença encontrada vai depender do diagnóstico do médico e do histórico do paciente. Assim, o médico pode receitar remédios e até mesmo indicar a realização de cirurgias e mudanças na alimentação e estilo de vida.

Como prevenir as doenças?

Existem algumas atitudes que podem ajudar na prevenção dessas doenças. Assim, essas medidas são:

  • Praticar exercícios físicos com frequência;
  •  Ter uma alimentação equilibrada e consumir álcool com moderação;
  • Estar atento a qualquer sintoma das doenças;
  • Realizar exames de sangue de rotina;
  • Consultar o médico com frequência. Afinal, existem doenças perigosas que podem não apresentar sintomas.

Policonsultas

Precisa marcar uma consulta com um endocrinologista? A Policonsultas tem uma equipe preparada para cuidar da sua saúde, além de realizar exames na própria clínica. Conheça nosso corpo clínico aqui!

Agende seu atendimento:

Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso.
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – centro

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp