Unidade 1: Mister Shopping 3º Piso
Unidade 2: Av. Rio Branco, 1718 – Centro
Segunda a sexta: 08h às 20h
Sábado: 08h às 12h

Dia Mundial de Combate à Pneumonia alerta sobre os riscos da doença

Desde 2009, o dia 12 de novembro é reconhecido pela comunidade médica mundial como um dia de luta contra a pneumonia. Nessa data são promovidas ações de informação sobre a doença, apontando seus sintomas e formas de prevenção. O objetivo da campanha é reduzir o número de mortes anuais em decorrência desse quadro de saúde.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Imunização, esta é a enfermidade que mais mata crianças com menos de cinco anos de idade em todo o mundo. Todavia, a pneumonia afeta também adultos e idosos, especialmente aqueles portadores de doenças crônicas (como diabetes, cardiopatias, doenças respiratórias ou doenças do fígado, por exemplo). Os dados do Ministério da Saúde apontam que número de adultos maiores de 50 anos que recorrem aos hospitais para tratamento de pneumonia aumentaram 8% no Brasil. A vacinação de crianças e os cuidados com a saúde de forma geral devem ser estratégias para reduzir esses casos de infecção e óbito por pneumonia no mundo.

Nesse post vamos ajudar você a entender mais sobre a pneumonia e quais são as formas de prevenção.

O que é a pneumonia?

A pneumonia é uma inflamação dos pulmões, geralmente provocada por infecções por bactérias, vírus ou fungos, e consiste em aumentar a quantidade de fluidos dentro desses órgãos. Apesar de não ser uma doença contagiosa, os microrganismos que causam a pneumonia podem ser transmitidos de uma pessoa para outra. Isto é, caso um pessoa com sistema imunológico enfraquecido, como idosos, crianças, portadores de doenças crônicas, fumantes, por exemplo, tenha contato com os agentes da doença, existe a possibilidade de desenvolver a pneumonia com maior facilidade.

É importante ficar atento aos principais sintomas da doença, pontuados abaixo, e procurar a assistência de um médico pneumologista:

  • dores no tórax
  • expetoração com secreção amarela (por vezes com sangue);
  • falta de ar
  • febre
  • tosse forte

Geralmente, a pneumonia não é grave, e pode ser tratada com o uso continuado de antibióticos e alguns cuidados que serão indicados pelo pneumologista. Entretanto, em alguns casos, em casos extremos, quando há sinais como dificuldade para respirar, confusão mental e alteração no funcionamento de outros órgãos, a internação hospitalar será necessária para um acompanhamento especial da equipe médica.

Como é possível se prevenir dessa doença?

É importante destacar que a prevenção da pneumonia é uma das melhores formas de cuidar da saúde. Para proteger crianças com menos de 5 anos de idade, a indicação dos médicos pneumologistas e infectologistas é a vacinação. A aplicação da vacina pneumocócica é recomendada em três doses: aos dois, aos quatro e aos seis meses de vida da criança, com um reforço aos 15 meses.

Para os recém-nascidos ou prematuros o cuidado deve ser redobrado. Sugere-se alimentar o bebê apenas com leite materno durante os seis primeiros meses de vida, lavar bem as mãos e todos os utensílios do bebê antes que entrem em contato com a criança; evitar ambientes poluídos e com risco de contaminação.

Para os adultos e idosos, o cuidado deve partir da preocupação com a saúde geral. Uma boa alimentação, controle de saúde através de exames pode permitir maior controle sobre as condições do sistema imunológico individual. Além disso, lavar bem as mãos, vacinar-se anualmente contra a gripe, não fumar e controlar as crises de rinite alérgica são outras indicações.

Venha para a Policonsultas!

A Policonsultas acredita que o cuidado com a saúde é fundamental. Conheça nosso corpo clínico, e realize seus exames com a gente!

Agende seu atendimento!

Por telefone: (32) 3031-6060

Por WhatsApp: (32) 99102-6160

Estamos no Mister Shopping, 3º piso – Juiz de Fora

Deixe um comentário

WhatsApp Agende pelo WhatsApp